• Maedra

As Cartas da Avó Lola

Atualizado: 26 de Fev de 2019

Somos invisíveis aos olhos de quem tem medo de si próprio!



Paola – Olha, para a gaita com esta indiferença. Velhos são os trapos e apesar de ser frase feita, ainda continua a aplicar-se, estupidamente. E estupidamente, porque ainda tem de se aplicar.

Para o raio que os parta com a mania de que se é velho porque se está reformado, ou porque se tem cabelos brancos, ou … Muito gosta este pessoal de ser carneiro e irem todos em debandada para o mesmo sítio e baterem com os ditos contra a parede. A transparência é o manto da invisibilidade. Somos invisíveis aos olhos de quem tem medo de si próprio!

Lola – Pois somos! Mas o meu manto durou pouco tempo. A seguir à reunião de acolhimento, mostraram-me o Lar; quartos, espaços comuns, exteriores…E informaram-me de todas as actividades: animação, horários de refeições, banhos…

Quando cheguei ao espaço comum apresentaram-me pedindo a todos uma salva de palmas para acolherem a minha chegada. Interessante! Senti-me de facto um pouco mais “dentro”.

E senti-me verdadeiramente acolhida, quando me apresentaram a alguém que supostamente eu deveria conhecer- a Mª da Graça da minha aldeia de Faifa!

Não conhecia! Mas o facto de sentir e perceber a preocupação de me apresentarem a alguém, que tinha a ver com uma parte da minha história, foi muito bom.

Não conhecia, mas iria conhecer e era pelo menos uma referência, no meio de tanta gente desconhecida. No dia seguinte, de manhã, iria ter com certeza, alguém com quem poderia conversar sobre Faifa. A minha Faifa! Foi óptimo!

0 visualização

Avenida Eng. Duarte Pacheco nº 3 A,

2640-476 Mafra

Contacte-nos

92 806 25 17

Gostaste do que leste? Partilha-o:

Visita também as nossas redes sociais

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube