• Maedra

As Cartas da Avó LoLa

Voltei ao hospital para se saber se tudo estava bem, porque ainda tenho muitas dores.

Dizer que demorei muito tempo no hospital, não é novidade.


Novidade é quando te sentes bem tratada, quando te explicam tudo; os exames que vais fazer e porquê, o que vão fazer contigo, para onde te levam, quando não te deixam sozinha e nem sequer sabes onde estás. É novidade quando ouves chamar o teu nome e alguém, ao fim de pouco tempo, está ao pé de ti para te levar e não te deixam ali, sem saberes o que te vai acontecer a seguir.


Novidade, é quando não te levam numa maca e te encostam a uma parede, ou te enfiam no meio de mais dois, ou te colocam num corredor atrás de não sei quantas macas e tu começas a pensar se ficas, ou se consegues sair dali para fora de fininho.


Novidade, é mesmo quando não te sentes um carro velho encostado à box à espera de mecânico, para arranjo ou para ires para a sucata.


E foi mesmo assim que me senti, encostada à box, na fila para arranjo. Não sabes é se te vão tirar peças ou meter.


Mas o pior mesmo, é perceberes que és atendida por robots a tentarem não perder a réstia de humano que lhes carregaram. Gente que faz o trabalho de três, a trabalharem 24h seguidas, atendem o quê e como? Com que capacidades?


Bom, mas lá fui atendida, examinada, consultada e mandada de volta para o Lar e quando lá cheguei, reparei que também por ali, haviam várias boxes com carros velhos à espera que um dia alguém se lembre deles...



0 visualização

Avenida Eng. Duarte Pacheco nº 3 A,

2640-476 Mafra

Contacte-nos

92 806 25 17

Gostaste do que leste? Partilha-o:

Visita também as nossas redes sociais

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube